facebook
Ir para o conteúdo

Mesmo com apenas 8% da população mundial, a América Latina responde por 38% dos assassinatos

O Brasil vem tendo mais de 60 mil assassinatos por anos, mas, de acordo com o Instituto Igarapé, não está sozinho. A América Latina como um todo é um problema. Concentrando apenas 8% da população mundial, a região responde por 38% das mortes violentas do planeta. Uma em cada dez vítimas é brasileira.

O autor do levantamento aponta a desigualdade, o desemprego, a baixa escolaridade, a urbanização rápida e irregular, as drogas ilícitas e armas como causas desse quadro.

Mas desigualdade, desemprego, baixa escolaridade e urbanização irregular existem em outras regiões. O que torna a América tão particular é o narcotráfico. Graças a este, o continente americano tem 47 das 50 cidades mais violentas do mundo.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.