facebook
Ir para o conteúdo

Enquanto compromete R$ 50 BI contra o impeachment, Dilma corta R$ 6 BI da Saúde e Educação

Dilma já não se importa com as leis, muito menos com a opinião pública, o que torna tudo mais perigoso, uma vez que ainda detém muito poder na caneta. Enquanto tenta se livrar do impeachment comprando – com orçamento de R$ 49,4 bilhões – votos do PSD, PTB, PR, PDT e PP, a presidente do Brasil corta R$ 6 bilhões dos recursos da Saúde e Educação. O valor representa quase 30% do corte extra de R$ 21,2 bilhões prometido pelo Ministério da Fazenda na semana passada.

Mas a conta para se safar da queda pode crescer ainda mais. A expectativa é de que Dilma mantenha apenas três dos seis ministros peemedebistas nos cargos atuais. E a cadeira de Marcelo Castro seja entregue ao PP, hoje com a terceira maior bancada da Câmara.

Só o Ministério da Saúde movimenta um orçamento de R$ 88 bilhões.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.