facebook
Ir para o conteúdo

Lula na Casa Civil: dos nove nomes que o PT pôs no cargo, oito têm problemas com a justiça

Após uma longa novela rica em atuações para passar a sensação de que o governo Dilma precisa do trabalho de Lula para superar problemas econômicos, finalmente oficializaram ex-presidente como ministro da Casa Civil. A confirmação veio com Gerson Camarotti, que há tempos faz as vezes de porta voz-do Planalto no G1.

Com isso, Lula vira o nono ministro da Casa Civil desde que o PT chegou à presidência. E o oitavo a ter problemas com a justiça. Antes, ocuparam a pasta os nomes de José Dirceu, Dilma Rousseff, Erenice Guerra, Antonio Palocci, Gleisi Hoffmann, Aloizio Mercadante e Jaques Wagner. Carlos Lima, o único distante do noticiário policial, esteve no cargo apenas durante a transição de mandato, ao final de 2010.

Com a iniciativa, Lula ganha foro privilegiado e se livra de Sérgio Moro, seu maior pesadelo. No entanto, não deve conseguir para sua esposa e filhos benefício semelhante. Mas quem arbitrará a questão é o mesmo STF que hoje conta com oito ministros indicados pelo petismo.

O Brasil vive uma época triste. Dias após a maior manifestação política da sua história, os alvos daqueles protestos demonstram não dar a mínima para aqueles anseios e aplicam tamanho golpe no judiciário. Não há mais qualquer respeito por qualquer instituição democrática – o que costuma ser sintoma de não haver mais democracia.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.