facebook
Ir para o conteúdo

Lula reclama à ONU até mesmo da série que a Netflix está preparando sobre a Lava Jato

O Antagonista teve acesso à íntegra do recurso que Lula apresentou à Comissão dos Direitos Humanos da ONU. Em má conta com a opinião pública no Brasil, ainda goza de algum prestígio muito calcado em desconhecimento lá fora. E acredita que o esquerdismo das Nações Unidas o ajudará a levantar pautas lá fora e, principalmente, no Brasil, onde precisa se fazer de vítima, queimar o filme da Lava Jato e reverter a própria situação.

Mas a peça, em si, é ridícula num ponto que finda deixando a missão ainda mais difícil. Em dado momento, sobra até para o seriado sobre a Lava Jato que a Netflix está produzindo para 2017:

“Moro publicamente chegou a participar do lançamento de um livro intitulado ‘Lava Jato’, que contém sua fotografia na capa e que trata sua biografia de maneira idealizada enquanto que demoniza Lula, colocando-o ‘no centro da Lava Jato’. Os direitos desse livro foram vendidos e servirão de base para uma série da Netflix a ser lançada em 2017, a qual, na mesma linha do livro, presumivelmente, irá retratar Moro como herói e Lula como vilão.

Não sobrou mais nada a Lula além da força para fazer política. E isso, mesmo para ele, é muito pouco.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.