facebook
Ir para o conteúdo

O impeachment de Dilma começou, e de forma acelarada

Brasília costuma ter atividade parlamentar apenas de terça a quinta. Mas os deputados estão fazendo um esforço de abrirem sessões também às segundas e sextas para acelerar o rito do impeachment de Dilma.

Para abrir uma sessão, são necessário 51 deputados presentes. O quórum foi atingido facilmente na manhã de hoje. Outras nove sessões como essa e esgota-se o prazo para Dilma apresentar a defesa. Haverá então outras cinco para apreciação do processo. E só então o impedimento da presidente será votado.

Eduardo Cunha acredita que, em no máximo 45 dias, será possível concluir toda a tramitação. Onyx Lorenzoni é mais otimistas e, em seu Twitter, diz trabalhar para que o processo se conclua em menos de um mês.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.