facebook
Ir para o conteúdo

O PT é isso sim!

“Não acho que o PT é isso”. Foi assim que a jornalista Miriam Leitão concluiu o relato de sua experiência terrível a bordo de um vôo onde, desde o embarque, foi bestialmente agredida por militantes do Partido dos Trabalhadores. Quem não tomou ciência do ocorrido, pode ler aqui.

Eu não estou surpreso, tão pouco indignado. Ainda vai piorar, e muito, o comportamento anárquico e bestial por parte das pessoas que fazem parte deste “partido político”. E vai piorar não por culpa do PT e sim por culpa dos formadores de opinião que, como a agredida Miriam Leitão, se recusam a chamar o PT pelo que ele realmente é: organização criminosa.

O PT tem como guru um homem que responde a cinco processos na justiça: Lula. Tem como presidente uma mulher acusada de receber R$ 1 milhão em propina: Gleisi Hoffmann. O partido tem três ex-tesoureiros presos: Delúbio Soares, Paulo Ferreira e Vaccari.

Qual cidadão honesto vestiria a camisa de um partido desses? Nenhum.

O cidadão honesto, em primeiríssimo lugar, tiraria a camisa do partido e, sendo um fiel militante do ideal partidário, seria o primeiro a protestar pelo retorno às origens. O petista honesto já largou o partido há muito tempo.

O Brasil está em guerra, e enquanto apenas um exército estiver em campo a Nação perderá uma batalha por dia. O maior partido de esquerda da América Latina está em guerra aberta contra todos os ideais democráticos e libertários deste país. Ou a imprensa e os 3 Poderes confessam essa verdade inquestionável ou a sociedade continuará a padecer na mão de uma militância criminosa que ofende, reprime e agride todos que não concordam com ela.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.