facebook
Ir para o conteúdo

Próximo “protesto a favor” de Dilma ocorrerá no aniversário de 52 anos do golpe militar

Em texto publicado no site do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão confirmou que haverá um novo “protesto a favor” de Dilma, de Lula e do PT no próximo 31 de março. O presidente do partido está tão perdido que marcou o ato na data em que o golpe militar completará 52 anos.

Os petistas tentarão se safar dizendo que o aniversário do “Golpe de 64” seria, na verdade, no dia seguinte, o primeiro de abril. Mas essa confusão foi explicada muito bem por, vejam só, Caetano Veloso, no livro Verdade Tropical, lançado em 1997.

O cantor morava em São Paulo quando do ocorrido. Na época, claro, a comunicação não se dava tão instantaneamente como hoje em dia, mesmo com o rádio já bem popular. E o paulistano iniciou o mês lendo nas manchetes as notícias da tarde anterior: os militares tinham tomado o poder. Para muitos, aquilo devia ser alguma brincadeira de “primeiro de abril” e a ficha demorou a cair. Mas, mesmo assim, o que ficou marcado na memória não foi o 31 de março.

De qualquer forma, o PT, que sempre forçou ligações entre qualquer protesto contra Dilma e efemérides repugnantes, comete mais um deslize ao celebrar a corrupção petista em data tão polêmica. Contudo, se o ato se estender um pouco, até pelo menos a meia noite, os manifestantes poderão estourar espumantes se congratulando pelo dia deles, o dia da mentira.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.