facebook
Ir para o conteúdo

Sérgio Moro condenou José Dirceu a pena 3 vezes maior do que a aplicada por Joaquim Barbosa

Joaquim Barbosa foi muito criticado durante o julgamento por ter pesado a mão no tempo de cadeia dos mensaleiros. Quase uma década antes, em artigo sobre a Mãos Limpas, Sérgio Moro reclamava que a ausência de penas mais duras impedia que o recurso das delações premiadas pudesse ser melhor explorado no Brasil. Na certeza de que pouco ou nenhum tempo de presídio cumpririam, os corruptos se negavam a colaborar com a Justiça e a impunidade crescia.

Agora é possível comparar, ainda que por escândalos distintos, a coragem da caneta de cada um. Se Barbosa convenceu o STF a condenar José Dirceu por 7 anos e 11 meses, Sérgio Moro foi três vezes mais longe, sentenciando o petista a 23 anos e 3 meses.

Ainda cabe recurso, mas Dirceu não conseguirá ir além da segunda instância.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.