facebook
Ir para o conteúdo

Sete milhões de analfabetos votarão nas eleições brasileiras de 2016

Com as estatísticas liberadas pelo TSE, o Brasil pode conhecer melhor o perfil do eleitor que irá às urnas em outubro. Em um dos temas mais polêmicos da Constituição, salta aos olhos um número ainda assustador. Nada menos do que 6.981.111 brasileiros que escolherão vereadores e prefeitos são analfabetos.

Somados aos 15,4 milhões de eleitores que apenas leem e escrevem, chega-se a mais de 22 milhões de pessoas sem qualquer qualificação, o equivalente a 16% do eleitorado.

Se há alguma notícia boa, diz respeito à queda do índice. O total de votantes analfabetos em 2014 chegou a 7,3 milhões, um número já menor que os 7,7 milhões de 2012. A redução é também percebida proporcionalmente: a fatia equivalia a 5,6% na última eleição municipal, e agora não passa dos 4,9%.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.