facebook
Ir para o conteúdo

Só um quinto dos brasileiros achou injusta a decisão da Câmara sobre o impeachment de Dilma

Ainda que disfarçado como faltas ou abstenções, Dilma Rousseff contou com o apoio de 28,4% dos parlamentares, mas precisava de 33,5% para se safar do processo de impeachment já na Câmara. No entanto, uma primeira pesquisa mostra que, nas ruas, esse apoio é ainda menor.

Segundo o instituto Ideia, que ouviu 10 mil pessoas por telefone entre 21 e 22 de abril, apenas 20% dos entrevistados acharam injusta a decisão tomada pelos 367 deputados que votaram “sim” naquele polêmico domingo. Do outro lado, nada menos que 64% concordaram com o veredicto.

O governo não se salvaria nem mesmo se fossem excluídas as respostas dos 16% que preferiram não opinar, ficando o placar em 76% a 24% a favor da oposição.

Por mais que os governistas estejam em descarada campanha para desmerecer o parlamento que concordou em interromper o mandato de Dilma, o deste ainda não chega aos pés do desejo nacional de pôr um ponto final na gestão petista.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.