facebook
Ir para o conteúdo

Trump cogitou cobrir “o muro” com painéis solares para que a energia limpa pague a obra

Apesar de o tema estar adormecido, Donald Trump não desistiu do prometido muro na fronteira com o México. Se a ideia parecia inviável, uma solução aventada pelo próprio presidente americano pode reverter um pouco do estrago na imagem do projeto.

A intenção seria revestir os 3.141 quilômetros de fronteira não só com o paredão de quinze metros de altura, mas também com painéis solares no topo. A energia limpa gerada por eles, além de fazer uma graça com os defensores das causas ambientais, bancaria toda a obra.

Faz sentindo, ainda que a proposta precise conhecer uma planilha e sua viabilidade seja calculada.

De qualquer forma, parte da promessa de campanha seria quebrada. Afinal, Trump sempre deixou claro que os custos do “muro” recairiam sobre os mexicanos. Mas isso jamais foi combinado com os “russos”.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.