facebook
Ir para o conteúdo

Um ano após o impeachment de Dilma Rousseff, o Brasil tem exportado 27% mais

Balança comercial é um tema mais delicado do que parece. Porque facilmente pode ser usada para confundir o cidadão brasileiro. Tanto que foi muito explorada pelo governo Dilma quando o processo de impeachment passou a ser discutido. Desta forma, vendeu-se à própria militância que a crise econômica poderia ser uma falsa sensação ocasionada por informações manipuladas – o que não era verdade, claro.

O Globo informa que o Brasil vem em superávit na primeira quinzena de abril. Se o US$ 1,8 bilhão positivo já soa bonito, fica ainda melhor em real: R$ 5,6 bilhões. No acumulado de 2017, já é possível somar mais de R$ 55 bilhões ao país.

Mas como não cair na armadilha? Observando a dinâmica das importações e exportações em relação ao mesmo período de 2016. Diariamente, o Brasil vem comprando 12,9% a mais, mas exportando 26,6% acima da média do ano passado. Ou seja: aos poucos, a economia reaquece, e com um bom resultado na relação com o mercado externo.

No aniversário da primeira grande derrota de Dilma no processo de impeachment, não deixa de ser um ótimo presente para quem foi às ruas bater panela.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.