facebook
Ir para o conteúdo

Verba recuperada pela Lava Jato ajudará a reformar escolas do Rio de Janeiro

A Lava Jato original, aquela que é tocada de Curitiba, já recuperou R$ 11,5 bilhões aos cofres públicos, mas a conta pode subir muito. Com as multas aplicadas, os resgate pode se aproximar dos R$ 40 bilhões. Para se ter uma noção deste volume de dinheiro, era o que a CPMF arrecadava anualmente do povo brasileiro quando finalmente chegou ao fim.

No Rio de Janeiro, o trabalho da operação ainda está no início e “apenas” R$ 451,5 milhões foram recuperados com acordos de delação. Contudo, tem sido de grande serventia. Deste montando, R$ 250 milhões permitiram, ainda em 2017, o pagamento atrasado do 13º salário atrasado de 146 mil aposentados.

Em 2018, parte da diferença será utilizada para reformar escolas públicas no Rio de Janeiro. E os promotores fazem questão de ressaltar que tais valores não podem ser subtraídos do orçamento já em prática no estado – ou seja, é algo a se somar.

É um modelo que prova que o combate ao crime pode – ou mesmo deve – compensar. Sozinho, não há de salvar o Brasil. Mas ao menos mostra o caminho a ser seguido.

Curtiu o texto? Contribua com o crowdfunding (financiamento coletivo) do autor e/ou siga-o no Twitter e Facebook.